Dono de empresa responsável por laudo tem salário de R$ 19 mil na Prefeitura

O advogado Alexis Eustatios Gaberlini Kotsifas, do escritório jurídico ‘Borghi Kalil e Kotsifas’ também defende os interesses do prefeito David Almeida na Justiça Eleitoral

Manaus- A polêmica sobre um suposto ‘Caixa 2’ , na gestão David Almeida, continua, isso porque um dos donos do escritório jurídico que contratou a empresa para realizar a perícia do vídeo exerce cargo comissionado na Prefeitura de Manaus, na função de representante do Executivo municipal em Brasília, com salário bruto de R$ 19 mil.

(Foto: Divulgação / Semcom)

O advogado em questão é Alexis Eustatios Gaberlini Kotsifas, um dos fundadores do escritório jurídico ‘Borghi Kalil e Kotsifas’ responsável por defender os interesses do prefeito David Almeida na Justiça Eleitoral.

Segundo publicado no Diário Oficial da União (DOM), o advogado foi nomeado para o cargo de  “coordenador do escritório de representação em Brasília” no ano de 2022.

blank

Diário Oficial da União (DOM)

No último dia 18, publicação do DOM autoriza Kotsifas ao período de férias até o dia 26 de março.

blank

Advogado está em gozo de férias neste mês conforme o Diário Oficial

 

No site do escritório, o advogado aparece como “Secretário de Representação Municipal da Prefeitura de Manaus em Brasília”. Segundo o Portal da Transparência,  Alexis aparece com salário bruto mensal de R$ 19 mil e líquido de R$ 14 mil atuando no cargo.

blank

(Foto: Reprodução/ Portal da Transparência)

Alexis tem atuado como advogado de David Almeida desde 2o18, quando o político foi candidato ao cargo de governador do Amazonas.

Na sessão de quarta-feira (20), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), que ouviu o secretário de Comunicação Israel Conte sobre o escândalo, a  vereadora Thaysa Lippy (Progressistas) colocou em dúvida a credibilidade da empresa. De acordo com o cadastro na Receita Federal, a empresa executa perícias em seguros e segurança do trabalho e também não possui Cnae para a produção de laudo audiovisual.

“O CNAE dela principal é a atividade de cobrança e informações cadastrais, ela trabalha também com serviços de engenharia, serviços de corretagem, atividade auxiliares a Justiça, então fica muito dificil acreditar nessa possível perícia, disse a vereadora, na ocasião.

No documento consta que a solicitação para produção do laudo foi realizado pela Borghi Kalil Kotsifas Advogados Associados, o mesmo grupo de advogados que defende os interesses do prefeito.

Anúncio