Em menos de dois anos, governo muda chefe da Saúde pela terceira vez

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (8) pelo governador Wilson Lima, durante live nas redes sociais oficias do Estado

Manaus – Em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o governador do Estado Wilson Lima anunciou a mudança da chefia da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam). Sai o pesquisador e doutor em Saúde Pública pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), Rodrigo Tobias, e assume Simone de Oliveira Papaiz, ex-secretária de Saúde das cidades Mogi das Cruzes e Bertioga, ambas no interior de São Paulo.

Esta é a terceira mudança que o governo do Estado faz na pasta da Saúde, em menos de dois anos. Logo que assumiu o governo, Wilson Lima determinou que o vice Carlos Almeida, que é defensor público, assumisse o cargo de secretário de saúde com o objetivo de resolver o caos da saúde pública do Amazonas.

A nova secretária de Saúde, Simone Papaiz (Foto: Reprodução/Facebook)

Três meses depois, em março de 2019, ele anunciou um reforma administrativa e retirou Carlos Almeida do cargo, alegando que a “saúde é prioridade neste governo”, mas que precisava mudar. Nomeou Rodrigo Tobias que foi substituído, nesta quarta, por Simone Papaiz.

De acordo com os dados de 2019 disponíveis no site de Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada dos municípios paulistas de Mogi das Cruzes e de Bertioga, é de 445.842 mil e 63.249 mil, respectivamente, o que gera uma população total de 509.090 mil, não chegando a um oitavo da população estimada do Amazonas que é de 4.144.597 milhões.

Segundo o governador, Simone é formada em Biomedicina, mestre em Genética Clínica e especialista em Gestão Hospitalar. Ainda conforme Wilson Lima, ela já estava no Estado há alguns meses acompanhando todos os protocolos da secretaria.

Anúncio