Estado vai gastar R$ 43 mi com gasolina

Segundo projeto básico, a Sead quer gastar 8,8 milhões de litros de combustível incluindo gasolina, Diesel S-500 e Diesel S-10. A secretaria alega urgência para manutenção de serviços

Manaus – A Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead) do governo do Amazonas pretende gastar R$ 43,2 milhões para adquirir combustível para carros e embarcações da empresa Trivale Administração Ltda. pelo período de 12 meses com possibilidade de prorrogação. Segundo projeto básico, a Sead quer gastar 8,8 milhões de litros de combustível incluindo gasolina, Diesel S-500 e Diesel S-10.

Carros | Segundo projeto, a frota localizada na capital do estado do Amazonas é composta de aproximadamente 2.554 veículos (Foto: Divulgação/Secom)

Para justificar os gastos – em forma de adesão a Ata de Registro de Preços da Secretaria de da Administração de Goiás – a secretaria alega urgência na manutenção dos serviços do Estado porque o atual contrato finaliza em 1º de outubro e o registro de preço tem validade até 18 de dezembro.

“Considerando a extrema importância da plena manutenção destes serviços, de modo a não permitir que a sociedade amazonense reste desamparada pela interrupção brusca dos serviços públicos oferecidos por este ente estatal, resta evidenciada a premente necessidade de contratação destes serviços, mediante adesão à Ata de Registro de Preços nº. 007/2020-Sead/GO, a qual, após pesquisa de mercado, demonstrou apresentar maior vantajosidade para a Administração Pública”.

Segundo projeto básico, a frota localizada na capital do estado do Amazonas é composta de aproximadamente 2.554 veículos rodoviários e 18 máquinas, equipamentos e embarcações. “O referido quantitativo poderá sofrer alteração em virtude de troca de frota, aumento ou substituição de veículos, máquinas, equipamento, embarcações, manutenção preventiva e/ou corretiva de alguns veículos e embarcações, dentre outras situações que impliquem em custos com a solicitação de mais cartões”.

Ainda segundo o documento, o fornecimento de combustível responde por parcela expressiva do dispêndio estadual, representando significativa importância no contexto gerencial do Governo do Estado do Amazonas, razão pela qual merece total atenção de seus governantes.

“O controle do consumo de combustível é uma das etapas mais importantes para a definição do processo de gerenciamento, pois é através dele que é identificado o consumo real de combustível da frota e o percentual ideal de cota de combustível para cada veículo, ao mesmo tempo em que é possível coibir eventuais entraves que apareçam na execução desta atividade.”

Anúncio