Ex-secretária da Cultura, Regina Duarte terá de devolver quase R$ 320 mil da Lei Rouanet

O governo federal decidiu que Regina Duarte terá de indenizar a União por irregularidades no uso da verba

Brasília – A atriz e ex-secretária da Cultura Regina Duarte terá de devolver aos cofres públicos R$ 319,6 mil, que usou da Lei Rouanet para financiar uma peça teatral no início dos anos 2000. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) da sexta-feira (22). O governo federal decidiu que Regina terá de indenizar a União por irregularidades no uso da verba.

(Foto: Divulgação / EBC)

De acordo com informações da revista Veja, o Ministério da Cultura reprovou em março de 2018 a prestação de contas da peça “Coração Bazar” do grupo “A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda.”, empresa que a atriz é sócia. A empresa entrou com recurso que foi negado.

Ainda segunda uma portaria do Ministério da Economia, o valor aprovado por meio da Lei Rouanet ao projeto foi de R$ 408.540. No entanto, foi captado pela empresa apenas R$ 321 mil. Desse total, R4 319.614,75 mil devem ser devolvidos aos cofres públicos.

Em uma entrevista em maio de 2019, Regina Duarte criticou os famosos que usavam a Lei Rouanet e defendeu uma menor atuação do governo federal na cultura.

Anúncio