Explosão mata dois funcionários em fábrica no Paraná onde Sergio Moro discursava

Segundo assessoria de imprensa, pré-candidato à Presidência passa bem

Brasília – O pré-candidato à Presidência da República Sergio Moro (Podemos) interrompeu o discurso, nesta sexta-feira (4), durante visita a sede administrativa da Cocamar (Cooperativa Agroindustrial de Maringá), no interior do Paraná, após parte fabril da cooperativa explodir e matar dois funcionários.

(Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

Moro estava acompanhado do senador Álvaro Dias (Podemos-PR), que está bem. Em nota, a assessoria de imprensa do candidato disse que Moro também está bem, lamentou o acidente e prestou solidariedade a empresa e funcionários.

“Em agenda no interior do Paraná, o pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro visitava a sede administrativa da Cocamar, na manhã desta sexta-feira, quando foi informado da explosão na parte fabril da Cooperativa. Infelizmente, o acidente vitimou dois funcionários da Cocamar. Sergio Moro lamentou o acidente, prestou solidariedade ao corpo funcional e suspendeu a agenda de visitação”, diz  comunicado.

A reportagem do R7 procurou contato com a Cocamar. Em nota, a empresa afirmou que as causas do acidente estão sendo investigadas juntamente com as autoridades.

Segue nota:

“A Cocamar lamenta informar que na manhã desta sexta-feira (4/3), por volta de 11h30, um grave acidente foi registrado na Estação de Tratamento de Efluentes, no seu parque industrial em Maringá (PR), levando a óbito dois prestadores de serviços que trabalhavam no local.

A cooperativa esclarece que em todos os seus setores são adotados rigorosos protocolos de segurança, sendo que os trabalhadores utilizavam todos os equipamentos de proteção, e comunica também que está prestando assistência às famílias das vítimas, às quais se solidariza.

As causas do acidente estão sendo investigadas pela cooperativa, juntamente com as autoridades.”

Anúncio