Hiram Nicolau coloca nome à disposição para disputar Prefeitura de Manaus

O vereador da Câmara Municipal de Manaus (CMM) afirmou que pretende concorrer à prefeitura da cidade após anúncio do presidente do PSD de que a legenda terá candidatura própria no próximo ano

Manaus –  O vereador Hiram Nicolau colocou seu nome a disposição do PSD para disputar a Prefeitura de Manaus na eleição municipal de outubro do próximo ano. O parlamentar fez o anúncio na terça-feira, 26, durante discurso no plenário na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“Com a consciência tranquila de dois mandatos de vereador venho anunciar que sou, sim, pré-candidato à prefeitura de Manaus dentro do PSD. Quero pedir à presidência do partido que faça as prévias. Iremos sentar e discutir os problemas e as soluções de Manaus. Vontade, competência e coragem não me faltam e eu não estou entrando nesta de brincadeira. Manaus precisa de um novo rumo, de gente com disposição e isto não me falta”, afirmou no parlamento municipal.

Hiram frisou se sentir preparado para disputar a prefeitura de Manaus (Foto: Robervaldo Rocha/Dircom-CMM)

Procurado pela reportagem, nesta quarta-feira (26), o vereador Hiram Nicolau reiterou que coloca a disposição do PSD seu nome para disputar o pleito de 2020. “O senador Omar (Aziz), presidente do meu partido, concedeu uma entrevista anunciando que o PSD teria candidato e o presidente da Assembleia Legislativa (do Estado), deputado estadual Josué Neto (PSD) afirmou que não fará parte de nenhuma chapa para as eleições de 2020. Por isto eu fui às minhas redes sociais anunciar que concordo 100% com a candidatura própria do partido à Prefeitura de Manaus. O PSD tem importância, tem tamanho para sentar à mesa para discutir os problemas de Manaus e buscar soluções”, afirmou.

Hiram frisou se sentir preparado. “Eu tenho oito anos de mandato e conheço a estrutura da prefeitura. Já assumi, interinamente, a administração municipal por diversas vezes, sendo, inclusive, o mais novo da história a assumir a prefeitura, ainda que interinamente. Sou vice-presidente da Casa há quatro anos e discuto Manaus há mais de sete anos, desde quando iniciei meu mandato em 2013. Então, sei quais são os problemas, sei quais são os gargalos que a gente enfrenta”, frisou.

Anúncio