João Barroso assume o comando do MPC no biênio 2018-2020

O novo procurador-geral quer, entre várias metas da sua gestão, aperfeiçoar as coordenadorias implantadas pelo MPC no ano de 2016, as quais atuam em várias frentes, como transparência, educação, previdência, saúde e meio ambiente

Manaus – O procurador de Contas João Barroso de Souza assumiu, nesta segunda-feira (16), o comando do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Amazonas (MPC/TCE-AM), onde ingressou em 2006, após passar em 1º lugar no concurso para procurador do MPC.

O procurador de Contas João Barroso de Souza assumiu, nesta segunda (16), o comando do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Amazonas (MPC/TCE-AM). (Foto: Ana Cláudia Jatahy)

Empossado pela presidente do TCE, conselheira Yara Lins dos Santos, o novo procurador-geral citou entre várias metas da sua gestão, aperfeiçoar as coordenadorias implantadas pelo MPC no ano de 2016, as quais atuam em várias frentes, como transparência, educação, previdência, saúde e meio ambiente.

“Pretendo manter o que está dando certo e avançar naquilo que precisa ser melhorado. As atribuições do MPC estão intimamente ligadas às competências dos Tribunais de Contas, portanto, não vejo outra forma de trabalhar a não ser em conjunto com o colegiado, de forma parceira e colaborativa, haja vista os interesses em comum, que é o bom uso do dinheiro público”, comentou o procurador João Barroso.

Ao falar na solenidade, a conselheira-presidente Yara Lins dos Santos destacou que cenário atual de crise politica, econômica e financeira, a participação do MPC na instrução dos processos do TCE torna-se fundamental, sobretudo, levando em consideração a celeridade.

Anúncio