Lira prevê votação rápida dos PLs sobre as ‘fake news’ e do novo arcabouço fiscal

O texto sobre o arcabouço fiscal está sendo finalizado pelo governo

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse neste domingo (16), que o projeto que trata do combate às fake news e regulação das redes sociais (PL 2630/20 e apensados), além do projeto do novo arcabouço fiscal do país, devem ser votados ainda neste mês.

(Foto: Pablo Valadares / Agência Câmara)

O assunto sobre ‘fake news’ ganhou evidência nas últimas semanas após o ataque a escolas em São Paulo e Blumenau (SC), que teriam desencadeado uma onda de ameaças de novas ações nas redes sociais e foi abordado durante entrevista ao programa Canal Livre, da Band

“Esse é um assunto que assombra e preocupa a todos. Mas essa questão terá uma definição agora entre o dia 26 e 27 no Plenário”, afirmou. Lira disse também que a polarização no Congresso Nacional tem por pano de fundo “as likes, as curtidas, as lacrações” nas redes sociais. O PL 2630/20 é relatado pelo deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), que deverá se reunir com os partidos nos próximos dias para discutir o texto que vai à votação no Plenário.

Outra matéria que deve ser votada rapidamente, segundo o presidente, é o projeto do novo arcabouço fiscal do País. O texto está sendo finalizado pelo governo, e a previsão é de que seja enviado ao Congresso Nacional ainda neste mês.

“A nossa expectativa é que o texto, chegando, designaremos o relator rapidamente, e que duas ou três semanas, no máximo, estaremos votando o texto em Plenário”, disse Lira. O novo arcabouço fiscal vai substituir o regime de teto de gastos, em vigor desde 2016.

A entrevista ao programa também tratou de outros assuntos.

Anúncio