Lula ou Bolsonaro: dois empresários apostam R$ 800 mil na vitória de seu candidato

Artu Oliveira colocou em disputa uma chácara de 23 hectares. Já Gildenberg, apostou 11.111 toneladas de pedras de gesso

São Luís – Dois empresários, resolveram registrar em cartório uma aposta no valor de R$ 800 mil para cada um, na vitória de seus candidatos Lula (PT) ou Bolsonaro (PL) nas eleições para presidência. Os empresários são moradores de Grajaú, cidade localizada a 580 km de São Luís (MA).

(Foto: Alan Santos/PR – Arquivo)

Artu Oliveira e Gildenberg de Sá, contaram que reconheceram em firma as assinaturas do contrato que especifica os termos da aposta. Quem acertar o resultado ganha a bolada quase milionária.

blank

Artuzinho à esquerda e Berguinho à direita (Foto: Arquivo pessoal)

Artu, que em 2018 votou em Bolsonaro, declarou nessas eleições, voto no candidato Lula, e está certo de que o ex-presidente terá êxito nas urnas.

Já Berguinho, como é chamado Gildenberg, está seguro de que Bolsonaro levará as eleições no primeiro turno. Ele também votou em Bolsonaro em 2018.

Artu colocou em disputa uma chácara de 23 hectares, avaliada em R$ 800 mil e Berguinho, empresário do ramo da mineração, apostou 11.111 toneladas de pedras de gesso, também no valor de R$ 800 mil.

A aposta foi feita em 1º de setembro e formalizada no 1º Ofício do Cartório do município. Entre as cláusulas do contrato está uma exceção: caso qualquer um dos candidatos saia da disputa, o acordo será desconsiderado.

Anúncio