Morre Marise Mendes e prefeito decreta luto de três dias

A ex-vereadora morreu na manhã desta sexta-feira (14) após sofrer uma parada cardíaca, fruto de complicações respiratórias e renais

Manaus – A ex-vereadora e ex-secretária Marise Mendes, 85, morreu na manhã desta sexta-feira (14). A família informou, por meio de nota, que ela teve uma parada cardíaca, fruto de complicações respiratórias e renais, às 9h45, no Hospital Check-Up, na capital do Estado. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, decretou luto oficial de três dias.

Marise, que era irmã do ex-governador Amazonino Mendes, chegou a ser secretária de Assistência Social do Estado e de Manaus e teve carreira política consolidada, no Amazonas. Detalhes sobre o velório e o enterro ainda não foram divulgados.

Formada em assistência social, Marise liderou a Secretaria de Assistência Social do Estado do Amazonas e da capital, além de ter atuado como vereadora na Câmara Municipal de Manaus. Marise era servidora aposentada da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Na tarde deste sábado (15), será prestada uma homenagem de familiares, amigos e simpatizantes, seguida de um culto ecumênico, na Assembleia Legislativa do Estado (ALE). O sepultamento acontecerá às 15h30 deste sábado (15), no Cemitério São João Batista, zona centro-sul.

Em nota, a família afirma que dona Marise Mendes “deixa como legado o respeito ao bem público, pelos amazonenses e pela família”.

O prefeito Arthur Virgílio Neto e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro manifestam pesar, em nome de todos os servidores públicos do município.

“Recebemos a notícia com muito pesar. Dona Marise era uma pessoa pública comprometida com as causas sociais, sempre falando e trabalhando em favor dos menos favorecidos, tanto como secretária de Assistência Social quanto como vereadora ou exercendo a sua profissão de assistente social. Manaus e o Amazonas perdem uma pessoa pública dedicada e uma cidadã muito querida”, disse o prefeito, que determinou que seja decretado luto oficial por três dias.

O prefeito e a primeira-dama também estenderam sua solidariedade à família de Marise Mendes, representada por sua filha, Mônica Mendes; seus netos e seus irmãos, entre eles o ex-governador Amazonino Mendes; sobrinhos e demais familiares. “É sempre doloroso a perda de um ser querido e estendo minhas orações e minha solidariedade a todos, pedindo a Deus que lhes dê conforto aos corações”, disse Elisabeth Valeiko Ribeiro.

A ex-vereadora Marise Mendes (Foto: Divulgação)

Anúncio