Novos dirigentes do TRE-AM tomam posse nesta quinta-feira

Os desembargadores Aristóteles Lima Thury e Jorge Manoel Lopes Lins foram empossados, respectivamente, como presidente e vice-presidente para o biênio 2020-2022

Manaus – Os desembargadores Aristóteles Lima Thury e Jorge Manoel Lopes Lins assumiram a direção do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), como presidente e vice-presidente, respectivamente, para o biênio 2020-2022. A solenidade foi transmitida nesta quinta-feira (7), pelo canal oficial do TRE-Amazonas no YouTube.

Aristóteles Thury era o atual vice-presidente e corregedor, e vai substituir o desembargador João Simões, presidente do biênio 2018-2020.

Desembargadores Aristóteles Lima Thury (à esquerda) e Jorge Manoel Lopes Lins (Foto: Divulgação)

Os novos gestores foram escolhidos para as vagas em sessão do Pleno do Tribunal do dia 17 de março. No primeiro edital, para escolha do presidente da corte eleitoral, Aristóteles Thury obteve 17 votos contra quatro do desembargador Wellington José de Araújo. No segundo edital, para vice-presidente, José Lins recebeu 14 votos, contra sete de Wellington José de Araújo.

A cerimônia era tradicionalmente realizada na sede do órgão, na presença dos membros do pleno e convidados, mas para evitar a disseminação e o contágio do novo coronavírus, ocorreu pela primeira vez na história por meio do sistema de videoconferência, que durou por volta de 1 hora e 20 minutos e foi presidida pelo desembargador João Simões.

O desembargador João Simões destacou ações realizadas durante a sua gestão, para o biênio 2018-2020 (Foto: Reprodução/YouTube/TRE-AM)

No discurso de despedida do cargo, João Simões agradeceu aos membros da corte e destacou o que foi feito durante sua gestão. “O momento é de muita felicidade e antecipada saudade. Nos últimos 4 anos, a Justiça preencheu meus dias. Atuei nas eleições de 2016 e na suplementar 2017, e meu primeiro grande desafio como presidente foi o processo eleitoral em 2018. Criamos o comitê de combate às ‘fake news’, que foi indispensável. Mesmo com dificuldade nas operações, a eleição foi tranquila e sem ocorrências. Em 2019, revisamos o eleitorado dos municípios e conseguimos biometrizar 100% do Estado”, avaliou o desembargador.

O novo presidente do TRE-AM, desembargador Aristóteles Lima Thury, parabenizou João Simões, e disse que ele deixará muita saudade. Thury também falou da experiência adquirida no interior do Estado. “Passei por várias dificuldades para realizar várias eleições. Viajei por vários rios de barco, às vezes por águas calmas, e outras por banzeiros fortes dos nossos rios rebeldes. Por várias vezes corri risco de morte para realizar com sucesso os pleitos eleitorais. Todas as histórias vão estar em um livro que ainda vou escrever”, disse Thury.

Falaram ainda durante a transmissão sobre as ações do Tribunal o procurador Regional Eleitoral, Rafael da Silva Rocha; procurador desembargador Marco Antônio Pinto da Costa, que faz parte do Pleno do TRE-AM; Marco Aurélio de Lima Choy, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Seção Amazonas; e o desembargador Jatahy Júnior, presidente o TRE do Estado da Bahia e presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel).

Na conferência, os desembargadores destacaram que o próximo desafio será a realização das eleições municipais ainda neste ano. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o TRE-AM trabalha para que, de forma eficiente, sejam realizadas as eleições no dia 4 de outubro deste ano.

Anúncio