Prefeito Arthur Neto apresenta balanço da sua gestão na CMM

A mensagem governamental foi lida na manhã desta segunda-feira (10), durante a abertura dos trabalhos da 4ª Sessão Legislativa da 17ª Legislatura do Parlamento

Manaus – A Câmara Municipal de Manaus (CMM) abriu, oficialmente, na manhã desta segunda-feira (10), os trabalhos da 4ª Sessão Legislativa da 17ª Legislatura do Parlamento. A solenidade contou com a leitura da mensagem governamental do prefeito Arthur Virgílio Neto, em que ele fez um balanço dos seus sete últimos anos de gestão.

A sessão foi realizada no Plenário Adriano Jorge, na CMM, e contou com a presença de vereadores e outras autoridades. Em sua mensagem, o prefeito da cidade falou do orçamento de R$ 6,2 bilhões, aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA), do qual R$ 1,3 bilhão será direcionado para investimentos. Segundo Arthur, os ajustes fiscais e previdenciários realizados em sua gestão colaboraram com a atual receita.

O prefeito Arthur Neto lê a mensagem governamental na CMM, ao lado da primeira dama do município, Elisabeth Valeiko Ribeiro, e do presidente da Casa, Joelson Silva (Foto: Alex Pazuello/Semcom/Divulgação)

O prefeito anunciou também que deve retornar à CMM ainda neste ano para prestar contas de todas as ações realizadas em 2020. “Além de cumprir essa obrigação anual de ler a mensagem aos vereadores, eu vou fazer uma coisa inédita, que é no final do ano, em alguma data que seja marcada pelo presidente Joelson Silva, e comparecer a Casa para falar de 2020, mostrando dados, do que vai ficar nos cofres, do que foi gasto, do que foi investido, mostrando como está nossa dívida líquida. Eu entendo que, quanto mais transparência, melhor”, acrescentou.

Sobre infraestrutura, o prefeito disse que se sente muito feliz pelas obras realizadas em sua gestão, como o anel viário da Avenida Constantino Nery e o complexo viário do Manoa, além dos serviços de recapeamento.

“A pavimentação da cidade ajuda na velocidade média dos veículos, evita quebrar suspensão de carros. A gente tem feito muito recapeamento e tapa-buracos. Nós temos cerca de R$ 180 milhões em caixa. Com isso, as obras andam rápido. E, mais uma vez, isso é graças a uma coisa que nós estamos popularizando, o ajuste fiscal”, disse.

Comissões

O presidente da CMM, vereador Joelson Silva, afirmou que a Casa tem mais 270 matérias a serem votadas, que estão tramitando nas comissões. “Nós votamos mais de 200, no ano passado, mas foi um recorde de apresentação de proposituras na Casa. Então, essa será uma das prioridades, nós zerarmos a nossa pauta até o final do ano. Além disso, nós temos o último ano de mandato do prefeito. As mensagens do Executivo chegarão aqui na Câmara e, provavelmente, estas mensagens serão muito mais debatidas, pois os vereadores precisarão ter mais cuidado”, afirmou.

Em ano eleitoral, o presidente da CMM destacou a importância de os vereadores manterem o comprometimento com as atividades realizadas em plenário. Ele destacou, ainda, que a população precisa fiscalizar a presença dos parlamentares na Câmara.

“Existem vários mecanismos para você acompanhar, tem o painel eletrônico, tem a presença que o vereador tem que colocar, tem a Rádio Câmara, que divulga o nome dos vereadores que estão presentes. Enfim, tem que aprender a conciliar. Nosso compromisso é com a Câmara, é com a cidade de Manaus, temos que exercer nossos mandatos e irmos atrás dos votos, se nós formos merecedores dele”, pontuou.

Anúncio