Presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz recebe visita de Wilson Lima

Segundo a jornalista e comentarista de política Natuza Nery, Omar e Wilson são aliados, apesar do senador tentar “esconder o segredo”

Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), visitou o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM). A informação foi dada pela jornalista Natuza Nery, durante o “Papo de Política”, da Globo News, em uma plataforma de áudios, na última sexta-feira (28).

Segundo a jornalista e comentarista de política, Omar e Wilson são aliados, apesar do presidente da CPI tentar “esconder o segredo”. Durante o “papo” com outras profissionais, a jornalista lembrou que Wilson Lima é “o governador que estava presente durante os momentos mais agudos da crise, e sobre quem recai diversas suspeitas e parte da responsabilização pelo que aconteceu em Manaus”, em referência à pandemia de Covid-19 no Estado.

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz, recebeu visita do governador do Amazonas, Wilson Lima (Fotos: Agência Senado e Secom)

Natuza comentou que indagou Omar Aziz sobre a visita de Wilson Lima, o que foi negado pelo político. De acordo com ela, após contestar a resposta, a “conversa que começou com ‘não foi’, terminou em ‘foi'”. A jornalista disse ainda que o senador ficou “chateado” com a apuração da informação, reforçado pelo fato do governador do Amazonas ter sido o primeiro nome a ser citado por ela.

Tentativa de defesa

Ainda de acordo com a jornalista da Globo News, a visita de Wilson Lima alimenta uma avaliação, parte feita pelo governo (estadual) e outra parte pela CPI, que consiste em tentar defender o governador do Amazonas. Segundo ela, Omar colocou no roteiro da CPI nove governadores para que Wilson não fosse sozinho ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedir para não comparecer à CPI. “Isso poderia expô-lo muito mais, e no meio de outros governadores diluiria o peso de imagem”, explicou Natuza Nery.

Omar Aziz nega a estratégia e continua a afirmar que não vai proteger Wilson Lima.

Convocação

Na última quarta-feira (26), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aprovou a convocação do governador do Amazonas, Wilson Lima, para depor na CPI da Pandemia. Por meio do requerimento 178/2021 do senador Marco Rogério (DEM/RO), aprovado pelo Senado, Wilson Lima deve esclarecer os fatos sobre o colapso da Saúde do Amazonas no começo do ano, bem como a aplicação de recursos federais pelo Estado no combate à pandemia. Wilson foi alvo da operação Sangria, da Polícia Federal, que investiga a compra de respiradores destinados a hospitais.

Segundo o requerimento aprovado na quarta-feira, a CPI irá apurar as acusações e omissões no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas, com ausência de oxigênio para pacientes internados e as possíveis irregularidades em contratos, fraudes em licitações, superfaturamentos, desvios de recursos públicos, assinaturas de contratos com empresas de fachada para prestação de serviços genéricos ou fictícios, entre outros ilícitos, se valendo dos recursos.

Anúncio