‘Wilson age visando satisfazer apenas seus interesses pessoais’, diz Carlos Almeida em nota

A nota do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, é em referência a gestão do atual governador do Estado, Wilson Lima

Manaus – O vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, publicou uma nota pública, em uma rede social, onde afirma que “a prevaricação é uma das marcas do líder da gestão do Amazonas”, em referência ao atual governo do Estado, comandado por Wilson Lima (PSC).

No texto, publicado nesta quarta-feira (4), Almeida se refere ao governador como “Um governante que age visando satisfazer apenas seus interesses pessoais, e não motivado pelo escândalo que a permanência do secretário, liderando a pasta por meses a fio, representou aos amazonenses”. A nota é atribuída pela decisão de Wilson Lima em deixar o coronel da Polícia Militar do Amazonas (SSP) Louismar Bonates à frente da pasta, após o vice-governador ter determinado a exoneração dele, no último dia 21 de julho.

Em nota pública, Almeida disse que “a prevaricação é uma das marcas do líder da gestão do Amazonas” (Foto: Divulgação / Secom)

Almeida considerou, ainda, a substituição de Bonates da função na SSP como “decisão tardia do governador. A gestão do ex-secretário, segundo o vice-governador, foi marcada por várias irregularidades.

A nota pública por Carlos Almeida ressalta que “O colapso que atinge o estado não termina com esta manobra do governador. Além da crise na Saúde, segundo investigações, diversos desvios éticos atingem outras camadas do governo”. Para ele, que rompeu a aliança política com o atual governador em maio de 2020, tais condutas “só poderão ser sanadas quando a moralidade prevalecer sobre os interesses escusos, e quando o governo abrir suas portas para uma investigação aprofundada de todos os indícios de crimes e corrupção que acometem o gabinete do chefe do executivo”.

Veja a íntegra da nota pública:

blank

Anúncio