Relator da CPI da Saúde indica novo pedido de impeachment de Wilson Lima

Outra medida a ser adotada deve ser o indiciamentos de ex-secretários da atual e de gestões anteriores

Manaus – O pedido de prorrogação dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), que investiga desvios de recursos da saúde por mais 60 dias, deve ser votado nesta terça-feira(29), pelos deputados estaduais do Amazonas, durante sessão plenária na ALE.

O deputado estadual Fausto Júnior (Foto: Divulgação)

A expectativa é que a maioria da base governista não aprove o pedido de extensão das investigações. Caso os trabalhos sejam encerrados, o foco passa a ser a leitura das conclusões do relatório, elaborado pelo relator, deputado Fausto Jr. (PRTB).

Informações de bastidores apontam que Fausto apresentará  um novo pedido de impeachment do governador Wilson Lima, baseado nas apurações da CPI, e na suspeita do envolvimento do chefe do Executivo em atos de corrupção durante a pandemia da Covid-19. Outra medida a ser adotada deve ser o indiciamentos de ex-secretários da atual e de gestões anteriores.

A Comissão, que completa 120 dias nesta terça (29), é composta pelos deputados: Delegado Péricles (Presidente), Fausto Jr. (Relator), Doutor Gomes (Membro), Serafim Corrêa (Membro) e Wilker Barreto (Membro).

Anúncio