Senador Bezerra diz que não faltaram verbas federais para Saúde do AM

Para o senador pernambucano, não faltou dinheiro federal para o Governo do Amazonas no combate à Covid-19

Manaus – O senador Fernando Bezerra (MDB-PE) reagiu à declaração do ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo, na CPI da Covid do Senado, ao dizer, há pouco, que há um histórico de desequilíbrio nos repasses de recursos federais para o Estado. Para o senador, não faltou dinheiro federal para o Governo do Amazonas no combate à Covid-19.

“Em agosto de 2020, havia saldo de R$ 459 milhões, em dezembro, saldo de R$ 478 milhões, e em março de 2021, saldo de R$ 553 milhões”, disse Bezerra. Campêlo disse, em seguida, que os repasses chegaram ao final da primeira onda. “O que o que tínhamos eram R$ 470 milhões, sendo R$ 115 milhões para Covid. O maior investimento foi do Governo do Amazonas, disse o ex-secretário, ao citar 82% dos recursos da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) vieram do Estado.

“Só no fim de dezembro, começamos a notar contaminação rápida e agravamento”, disse Campêlo, que não respondeu a questionamentos sobre leitos fechados no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz no início da pandemia, unidade anunciada pelo Estado que seria exclusiva para os casos de Covid e operou com andares fechados, enquanto o governo contratou um hospital de campanha.

***Mais informações em instantes***

Anúncio