Senador do AM pede leilão de aeronave apreendida em operação no Estado

De acordo com Plínio Valério (PSDB-AM), aeronave apreendida pela Polícia Federal durante a operação ‘Maus Caminhos’ foi concedida à Polícia Militar de Minas Gerais

Brasília – O senador Plínio Valério (PSDB-AM) pediu em Plenário, nesta terça-feira (6), que seja revertida a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região que concedeu à Polícia Militar de Minas Gerais uma aeronave apreendida pela Polícia Federal durante a operação ‘Maus Caminhos’, no Amazonas. De acordo com o parlamentar, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região reconheceu que a compra do avião modelo Cessna se deu com dinheiro desviado do sistema de saúde do Estado e por esta razão, como argumentou o senador, seria justo que o leilão auxiliasse a recuperar o recurso para o Amazonas.

“Quem teve recursos apropriados por eles foi a população do Amazonas. Quem deixou de ter a assistência de saúde prevista nos orçamentos públicos? O povo do Amazonas. Quem arca com o custo real desses crimes? População do Amazonas. Só há uma conclusão possível: a titularidade dos bens recuperados, inclusive no que se refere ao avião, deve ser da população do Amazonas”, disse o senador.

Para Plínio, mesmo que a verba seja passada à União, o Amazonas deve ter prioridade na sua alocação. Ele defendeu que a solução mais razoável seria colocá-lo em leilão e, com o dinheiro, repassar para o governo do Estado.

Pedido de Plínio Valério foi feito em Plenário, nesta terça-feira (6) (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Anúncio