‘Tentaram se apossar do que a prefeitura fez’, diz Arthur sobre hospital de campanha

A declaração foi feita sem citar o Grupo Samel, com quem a Prefeitura de Manaus firmou parceria para administrar o hospital para tratamento da Covid-19

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, afirmou neste sábado (24) que o Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes foi idealizado por ele. “Quem autorizou foi eu, quem construiu foi eu, quem disse quando ia acabar foi eu”, disse. “Tentaram se apossar do que era uma parte pequena diante do esforço de grandiosidade que a prefeitura fez durante a pandemia de Covid-19”, prosseguiu Arthur. A declaração foi feita sem citar o Grupo Samel, com quem a Prefeitura de Manaus firmou parceria para administrar o hospital.

“O hospital de campanha funcionou, então eu disse: vamos encerrar. Nosso dever é a assistência básica e não hospital”, completou Artur Neto. O hospital foi instalado no dia 13 de abril nas dependências do Centro Integrado Municipal de Educação Lagoa Azul, na zona norte de Manaus, para tratar pacientes com Covid-19. A unidade foi desativada em junho.

Arthur Neto afirmou que o hospital de campanha foi idealizado por ele (Foto: Divulgação / Semcom)

Parceiro na iniciativa, o deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), do Grupo Samel, atualmente é candidato a prefeito de Manaus e tem usado o hospital na campanha eleitoral. “Chega da gente bancar o povo de Amélia, de só levar pancada. A gente não é assim”, afirmou Arthur, que apoia o adversário de Nicolau, o ex-prefeito Alfredo Nascimento (PL).

Anúncio