Tico Braz é eleito prefeito de Caapiranga em eleição suplementar, neste domingo 

Pleito atendeu decisão da Ministra Rosa Weber que cassou diplomas do candidato mais votado nas Eleições Municipais de 2016 em Caapiranga e determinou novas eleições

Manaus – Francisco Andrade Braz, mais conhecido como Tico Braz (DEM), foi eleito prefeito de Caapiranga (a 134 quilômetros a oeste de Manaus), com 59% dos votos, na eleição suplementar para o município, neste domingo (7), segundo dados do Ministério Público Eleitoral.

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), o pleito atendeu à decisão da Ministra Rosa Weber, publicada em 4 de fevereiro deste ano, no processo n. 0601961-88.2018.6.00.0000 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A ministra determinou a execução imediata do acórdão proferido nos autos do processo n. 29675, que manteve o indeferimento do pedido de registro de candidatura ao cargo de Prefeito do candidato mais votado nas Eleições Municipais de 2016 em Caapiranga, cassando os diplomas do prefeito e do vice e determinando a realização de novas eleições no referido município neste domingo.

Braz concorreu ao cargo de prefeito de Caapiranga com Antônio Ferreira de Queiroz (PROS) (Foto: Reprodução/Facebook)

O TRE-AM informou que, às 8h, foi dado início à votação com a inicialização das urnas eletrônicas. Todas as urnas funcionaram perfeitamente, conforme o TRE-AM, sem que houvesse necessidade de ser realizada troca por urna de contingência.

Ainda conforme o TRE-AM, as urnas foram montadas com antecedência, com exceção do local de votação na zona rural, na comunidade de Araras, onde a equipe do TRE preferiu, por questões técnicas, montar as urnas bem antes das 8h, para que pudesse estar pronto no horário de início da votação.

Braz concorreu ao cargo de prefeito de Caapiranga com Antônio Ferreira de Queiroz (PROS). O vencedor do pleito, conforme o TRE-AM, deverá ser diplomado até o dia 26 de abril e terá o mandato do dia de sua posse até o final do mandato dos prefeitos eleitos em 2016.