Vereador realiza Tribuna Popular sobre saúde do homem

O parlamentar é autor da Lei que instituiu no calendário oficial do município de Manaus o “Novembro Azul”

Manaus – O vereador Luis Mitoso (PTB) realizou Tribuna Popular, na manhã desta quarta-feira (10), no plenário Adriano Jorge, na Câmara Municipal de Manaus, para tratar sobre a saúde do homem, com o tema: ‘Saúde do Homem, cuidar de si é viver’.

O parlamentar que é autor da Lei 1.940/2014, que instituiu no calendário oficial do município de Manaus o “Novembro Azul”, ressaltou a importância da discussão na casa.

Vereador Luis Mitoso realiza Tribuna Popular sobre saúde do homem (Foto: Divulgação)

“Precisamos fazer esse debate, sempre! Não somente aqui, mas, em todos lugares e dias. Infelizmente, o homem ainda tem um medo e, às vezes, um pouco até de irresponsabilidade quando se trata de buscar a sua própria saúde. Ou seja, nós, homens, ainda temos poucas atitudes para nos tratarmos. Com essa tribuna popular estamos contribuindo sobremaneira com a nossa cidade e com o nosso estado, sem dúvida”, disse.

Luis Mitoso enfatizou a preocupação da Prefeitura de Manaus no que tange a eventos que oportunizam o homem a cuidar de seu bem-estar.

“Tenho visto que várias atividades estão sendo feitas, que estão sendo colocadas em prática, pelos órgãos de saúde do município. Entretanto, isso deve ter a participação ativa e efetiva dos homens. Não adianta os poderes municipal e estadual fazerem atividades se os homens não colaborarem. Precisamos parar com esse preconceito, pois não leva a lugar nenhum”, ressaltou.

A enfermeira Maria Eliny da Rocha, representando a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), apontou evolução nas discussões sobre o “Novembro Azul”.

“De fato, o ‘Novembro Azul’, a cada ano, ele está chamando esse homem para reflexão, podemos observar isso. Contudo, historicamente, sabemos que o homem posterga a situação, no que se refere a sua saúde, pois, para o homem, lhe é solicitado que ele não apresente fragilidade e que ele deve ser sempre forte. O homem precisa, sim, manifestar seus medos e anseios porque ele é como todos, e que precisa de ajuda, também”, frisou, emendando: “Atualmente, todas as unidades de saúde das menores as maiores estão preparadas para receber todos os homens a qualquer momento”.

Anúncio