Vice-governador tem gabinete arrombado na sede do Governo do AM

De acordo com as primeiras informações, gavetas foram reviradas. Após a ação, as fechaduras do local foram trocadas

Manaus – O gabinete do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, foi arrombado, na manhã desta terça-feira (25), na sede do governo do Estado. A sala dele foi a única a ser invadida. Localizado na Avenida Brasil, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus, o Palácio do Governo do Amazonas fica ao lado da Casa Militar.

Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado sobre o caso. No documento, o secretário executivo da vice-governadoria, Renato Nogueira de Oliveira, afirma ter tomado conhecimentos que um funcionário chegou à secretaria da vice-governadoria e não conseguiu abrir a porta. Em seguida, percebeu que as fechaduras das salas haviam sido trocadas.

O denunciante narrou ainda que “encontrou somente uma porta que dava acesso e perceberam que, além de trocar as fechaduras, reviraram as gavetas das mesas e armários”.

Em outro trecho do B.O. é citado que “retiraram as fotos, quadros e objetos pessoais do vice-governador e do comunicante que estavam na sala e não sabem para onde levaram. Que soube que pediram para entrar em contato com a senhora ‘Carol Grosso’ para reaver os pertences”.

Confira o boletim de ocorrência:

BO foi registrado na tarde desta terça-feira, 25 (Foto: Divulgação)

Rompimento

O vice-governador rompeu aliança política com Wilson Lima (PSC-AM). Conforme noticiado pela Coluna Radar, da revista Veja, Carlos Almeida recebeu convite da direção nacional do Partido da Social da Democracia Brasileira (PSDB) para filiar-se à sigla. O convite teve a aprovação da direção estadual no Amazonas e foi aceita pelo político.

Nesta segunda-feira (24), Almeida assinou sua ficha de filiação partidária ao PSDB-AM.

Carlos Almeida foi eleito vice-governador do Amazonas em 2018 pelo PRTB, mas atualmente estava sem partido.

blank

O gabinete de Carlos Almeida foi arrombado na manhã desta terça, 25 (Foto: Divulgação)

Nota

No dia 29 de abril, o vice-governador do Amazonas Carlos Almeida Filho emitiu nota pública onde cita que Wilson Lima deu as costas à população do Estado e que o governador é despreparado. “Amazonas vive um caos que nos coloca nas páginas dos noticiários internacionais. Tal desastre só ocorre pela notória falta de compromisso, conhecimento e espírito público. O cenário responsável pela morte e sofrimento de milhares de amazonenses, só foi possível pelo escandaloso despreparo e conluio do governador.

Anúncio