Afinal, o fio dental deve ser usado antes ou depois da escovação?

Esse tipo de item de higiene bucal é necessário para evitar a formação de placas bacterianas nas gengivas e entre os dentes

São Paulo – Sabe-se que o fio dental é um aliado que jamais deve ser esquecido quando o assunto é saúde bucal. Mas uma questão específica foi objeto de estudos científicos nos últimos anos: ele deve ser usado antes ou depois da escovação?

(Foto: Freepik)

Um artigo publicado no Journal of Periodontology em 2018 trouxe uma resposta. Um grupo de pesquisadores analisou 25 voluntários, que haviam sido instruídos a escovar os dentes e, posteriormente, usar o fio dental. Em uma segunda fase, eles inverteram a ordem, passando o fio primeiro.

Os autores do trabalho observaram que a quantidade de placa bacteriana acumulada entre os dentes foi, em geral, “reduzida significativamente” quando se fazia o uso do fio dental primeiro.

Segundo os pesquisadores, o fio dental afrouxa as bactérias e os detritos presos entre os dentes. Dessa forma, a escovação posterior — em que há o enxágue da boca com água — limpa ainda mais essas partículas.

As bactérias da placa desempenham um papel fundamental no surgimento da doença periodontal, uma condição inflamatória que se manifesta quando essas bactérias se acumulam abaixo da linha da gengiva.

Caso não seja tratada, a doença periodontal pode resultar em inchaço, irritação, retração das gengivas e até mesmo na perda de dentes.

Um dos motivos alegados por pessoas que não utilizam o fio dental, segundo dentistas, é o fato de ele provocar sangramento na gengiva. Mas é justamente por isso que deve ser usado.

A gengivite é geralmente provocada pela presença de placa bacteriana nos dentes e ao redor da linha da gengiva.

O fio dental ajuda a remover a placa, mas, se as pessoas não o utilizam diariamente ou corretamente, as bactérias podem se acumular e causar inflamação gengival, resultando em sangramento.

O estudo de 2018 foi objeto de uma revisão, juntamente com outro trabalho. O artigo, publicado em 2022 no International Journal of Dental Hygiene, traz uma conclusão diferente.

Os resultados da análise mostraram que não houve diferença estatisticamente significativa no que tange a usar o fio dental antes ou depois da escovação na redução do índice de placa bacteriana.

No entanto, os autores recomendam que sejam realizados mais estudos clínicos sobre o assunto para uma conclusão mais definitiva.

Sendo assim, o mais importante é o uso do fio dental.

O NHS (Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido) orienta como deve ser a utilização correta dele.

1. Pegue de 30 cm a 45 cm de fio dental (ou fita dental) e segure-o de forma que você tenha de 3 cm a 4 cm de fio esticado entre as mãos.

2. Deslize o fio dental entre os dentes e na área entre os dentes e as gengivas o mais longe que conseguir.

3. Faça de oito a dez movimentos para cima e para baixo entre cada dente com o fio dental para remover alimentos e placa.

Anúncio