Animais como auxílio na educação de crianças com autismo

De acordo com médica veterinária, a presença do animal precisa ser inserida na rotina da família com cautela, para que a criança entenda que o bichinho não é uma ameaça

Manaus – Com a celebração do Dia Mundial da Conscientização do Autismo, comemorado nesta terça-feira (2), muitas pessoas buscam melhores alternativas para lidar com o transtorno que afeta, pelo menos, 70 milhões de pessoas no mundo. A educação com o presença de um animal de estimação em casa tem ganhado cada vez mais adeptos e os resultados mostram o quanto a relação é benéfica para toda a família.

“Muitos pais têm medo de inserir um animalzinho na vida do seu filho com autismo, achando que ele poderá atrapalhar seu desenvolvimento. E é muito improvável que isso ocorra, visto que os animais ajudam as crianças a desenvolverem o senso de responsabilidade e a afetividade”, afirmou a médica veterinária Andressa Figueiredo.

A presença dos animais de estimação podem ajudar o cotidiano de crianças com autismo (Foto: Reprodução)

De acordo com a especialista, a presença do animal precisa ser inserida na rotina da família com cautela, para que a criança entenda que o bichinho não é uma ameaça. “Como qualquer outra criança, o autista precisa entender que não será machucado. Só que os pais precisam redobrar a atenção nesse caso, estando sempre de olho em como a criança se relaciona com o bichinho, para evitar que o animal fique estressado ou agressivo”, explicou.

A autônoma Leila Mendes é mãe do Matheus, que tem oito anos e é portador do transtorno de asperger e autismo. “Depois que adotamos uma cachorrinha, ele ficou muito mais responsável e amororoso”. Ela afirma que ele respeita a rotina da cachorrinha e consegue demonstrar melhor suas emoções. “Diferente do que as pessoas pensam, os autistas gostam sim de carinho. A partir da chegada da Cacau em casa, ele começou a demonstrar mais sua afetividade”, assegurou. A médica veterinária fala desses e de outros temas no seu perfil de Instagram (@vemvetam ).