ANS suspende temporariamente venda de 39 planos de saúde

Medida ocorreu devido a reclamações de consumidores no terceiro trimestre deste ano. Proibição da venda começa a valer a partir de segunda-feira (9)

Rio de Janeiro – A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu temporariamente a venda de 39 planos de saúde de 12 operadoras, em todo o País, devido a reclamações feitas pelos consumidores no terceiro trimestre deste ano. Esses planos já atendem a 1,4 milhão de pessoas que não serão afetadas. A proibição da venda começa a valer a partir de segunda-feira (9).

ANS suspendeu temporariamente a venda de 39 planos de saúde de 12 operadoras (Foto: Governo do Estado de SP)

A medida, divulgada nesta quinta (5), faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento da agência, que acompanha o desempenho do setor.

Além das suspensões, a ANS informou também que liberou a comercialização de 11 planos de saúde de sete operadoras. Eles haviam sido impedidos de serem vendidos anteriormente, mas melhoraram os resultados e, com isso, poderão voltar a ser vendidos para novos clientes a partir da próxima segunda-feira, desde que não estejam com a comercialização interrompida por outros motivos.

Veja aqui a lista dos planos com a comercialização suspensa.

Acesse aqui a lista de planos reativados.

Anúncio