Brasil tem 77 mortes e 2.915 casos confirmados de covid-19

Ministério da Saúde analisa 30 dias de coronavírus no País

Brasília – Nesta quinta-feira (26) completa um mês do primeiro caso confirmado do novo coronavírus (covid-19) no Brasil. Durante este período a pandemia produziu 77 mortes, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta quinta. A taxa de letalidade é de 2,7%.

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre o novo coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (26); a taxa de letalidade é de 2,7%(Foto: Reuters/Adriano Machado/Direitos Reservados)

Na quarta-feira (25), as mortes já haviam se expandido para além de São Paulo e do Rio de Janeiro, com falecimentos em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Amazonas.

Considerando um mês após o primeiro infectado, o Brasil fica atrás da China (213 mortes e 9.802 casos) mas à frente da Itália (29 mortes e 1.694 casos).

O total de casos confirmados saiu de 2.433 na quarta-feira para 2.915 casos. O resultado desta quinta marcou um aumento de 54% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

Nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde fez um balanço das ações contra o coronavírus.

Liberação de recursos

Mais R$ 600 milhões estão sendo liberados para Estados e municípios a fim de reforçarem o plano de contingência para o enfrentamento da pandemia de coronavírus (covid-19). Além disso, R$ 400 milhões já haviam sido enviados a todos os Estados este mês.

A orientação do Ministério da Saúde é que cada Estado defina com as prefeituras os valores destinados a cada município. O dinheiro poderá ser utilizado em ações de assistência, inclusive para abertura de novos leitos ou custeio de leitos já existentes nos Estados e municípios.

São Paulo anuncia repasse

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quinta-feira (26) o repasse de R$ 218 milhões para 80 municípios do Estado com mais de 100 mil habitantes para ações que minimizem efeitos da pandemia do novo coronavírus. O repasse terá início no dia 3 de abril e não inclui a capital.

Para as cidades com menos de 100 mil habitantes, o governador disse que um novo valor de repasse deverá ser anunciado na próxima segunda-feira (30).

Contingenciamento no Rio de Janeiro

O governo fluminense determinou na quarta-feira (25) o contingenciamento de R$ 7,6 bilhões e a suspensão por tempo indeterminado de novas despesas de caráter não essencial. As medidas são emergenciais para fazer frente à queda na arrecadação provocada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).