Especialista alerta sobre a importância do ‘Teste do Pezinho’ para a saúde

O exame é vital para identificar uma série de distúrbios que, embora muitas vezes não apresentem sintomas ao nascimento, podem causar sérios problemas

Manaus – A campanha Junho Lilás destaca a importância do Teste do Pezinho, exame essencial para garantir a saúde dos recém-nascidos. O exame é vital para identificar uma série de distúrbios que, embora muitas vezes não apresentem sintomas ao nascimento, podem causar sérios problemas de saúde, se não forem detectados e tratados precocemente.

(Foto: Reprodução / Internet)

De acordo com a pediatra Gladys Maria da Silva, professora da Faculdade de Ciências Médicas, por exemplo, o hipotireoidismo congênito, uma condição em que a produção de hormônios tireoidianos é insuficiente, levando a atrasos no desenvolvimento físico e mental da criança. Outra doença que pode ser diagnosticada pelo Teste do Pezinho são as hemoglobinopatias, que causam palidez, fraqueza e desenvolvimento lento da criança.
O Programa Nacional de Triagem Neonatal inclui no escopo mais quatro doenças que podem ser detectadas com o Teste do Pezinho, citadas também pela professora da Afya: fenilcetonúria (pode causar dano cerebral e deficiência intelectual); fibrose cística (afeta, principalmente, os pulmões e o sistema digestivo); hiperplasia adrenal congênita (puberdade precoce, com crescimento acelerado na infância seguido por baixa estatura na idade adulta) e deficiência de biotinidase (provoca perda de cabelo e convulsões).
“O exame, realizado entre o terceiro e o quinto dia de vida do bebê, é obrigatório por lei em todo o território nacional. A coleta é simples: uma pequena amostra de sangue é retirada do calcanhar do recém-nascido, por técnicos treinados em hospitais e Unidades Básicas de Saúde, e, posteriormente, enviada ao laboratório da Fundação Hemoam para análise”, detalha a pediatra.
Ainda segundo a professora da Afya, a detecção precoce dessas condições permite intervenções adequadas e tratamentos que minimizam os impactos sobre a saúde do bebê, promovendo um desenvolvimento saudável e prevenindo complicações graves.
A diretora geral da Afya de Itacoatiara, Helen Oliveira, pontua que a campanha Junho Lilás não apenas promove a conscientização sobre a importância do Teste do Pezinho, uma ação que vem sendo reforçada este mês entre os alunos da instituição e a comunidade, mas também ressalta a necessidade de garantir que todos os bebês tenham acesso ao exame. “A faculdade e nossos profissionais incentivam a realização do teste, uma forma de garantir um futuro mais saudável para as novas gerações”, destaca a diretora.
Números
Segundo a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam), que é referência na análise do Teste do Pezinho em toda a região Norte, mais de 25.000 exames foram realizados em 2023, nas cinco maternidades de Manaus.

Anúncio