Governo de SP diz que vai enviar lotes de vacina do Butantan ao AM

Segundo o governador de São Paulo, doação deve começar a ser enviada no final deste mês até chegar a 50 mil doses

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), usou as redes sociais nesta quinta-feira (11) para informar que vai começar enviar no final deste mês, de forma escalonada, lotes da vacina do Instituto Butantan contra o a covid-19 para o Estado do Amazonas.

Doses da vacina coronaVac. (Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

Segundo Doria, a decisao de enviar aconteceu após “a garantia das autoridades do Amazonas de que as vacinas vão chegar até quem mais precisa”.

A publicação do governador paulista informou ainda que os lotes da vacina serão enviadas para o Amazonas até chagar a 50 mil doses doadas.

Leia mais: Fiocruz inicia descongelamento do IFA para produzir vacinas contra Covid-19

“Ressalto que essas vacinas não sairão da entrega destinada ao Ministério da Saúde. E sim representam uma doação de São Paulo ao povo do Amazonas. São Paulo está ao lado do Brasil para vencer a pandemia”, escreveu Doria.

O Estado do Amazonas sofre com a falta de atendimentos aos infectados pela doença. Nesta semana, a 1ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Amazonas determinou que o Ministério da Saúde e o governo do Amazonas disponibilizem leitos de UTI para o atendimento de pacientes com Covid-19.

A juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe diz que a oferta de leitos deve ocorrer ou pela transferência ou remoção de pacientes. Ela cita em seu relatório o pedido do Ministério Público Federal de bloqueio das contas do governo do Estado, bem como das contas pessoais do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e do governador Wilson Lima (PSC).

Anúncio