Governo diz que cada Estado será responsável por seringas e agulhas

Ministério da Saúde informou ao STF que alguns deles, inclusive, não possuem o material para vacinação contra a Covid-19

Brasília – O Ministério da Saúde informou em ofício que não possui estoque disponível de seringas e agulhas para a vacinação da população brasileira contra a Covid-19, disse que as aquisições são realizadas pelos próprios Estados e que alguns deles não possuem o material.

Vacina, vacinação,seringa, Covid-19. (Foto: Reuters/Michael Weber/Imago Imagens/Direitos reservados)

O ofício, protocolado para o ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), nesta quarta-feira (13), é uma resposta a uma ação, feita pelo partido Rede Sustentabilidade, que questiona o estoque de insumos para as vacinas contra Covid-19.

“Com relação à comprovação dos estoques dos referidos insumos, cumpre-nos informar que, via de regra, as aquisições são realizadas pelos próprios entes federados, cabendo à União o fornecimento dos imunobiológicos necessários para execuções das ações de imunização. Por esse motivo, este Ministério não possui estoque disponível para a realização da referida campanha de vacinação”, diz o documento, datado de 8 de janeiro e assinado pelo assessor técnico Thiago Fernandes da Costa.

Anúncio