Mais de 9,5 mil crianças estão com atraso vacinal em Manaus

Consulte os locais de vacinação e leve seu filho para atualizar a caderneta de vacinação

Manaus – Foram rastreadas 9,5 mil crianças menores de 1 ano de idade com atraso no calendário básico de vacinação em Manaus, por meio das equipes de telemonitoramento da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A busca ativa desse público foi incluída na rotina da gerência do Telessaúde da Semsa, em maio deste ano, para mobilizar mais esforços na ampliação da cobertura vacinal infantil na capital.

(Foto: Henrique Souza / Semsa)

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, informou que o Telessaúde fortalece as ações desenvolvidas presencialmente pelas equipes da Estratégia Saúde da Família e possibilita o alcance de um número maior de usuários. Os operadores obtêm a identificação da criança com atraso vacinal e os contatos telefônicos a partir do dashboard Tele Imunizações, desenvolvido pela Semsa, que cruza dados do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC).

“O Telessaúde é um serviço muito importante que surgiu durante a pandemia, quando precisávamos estabelecer contato a distância com os pacientes com Covid-19. A secretaria decidiu incluir o telemonitoramento na estratégia de outros quatro programas, incluindo o acompanhamento de gestantes de alto risco, pessoas com hipertensão e diabetes, tuberculose e crianças com vacinação pendente”, disse Djalma.

A gerente do Telessaúde da Semsa, Jackeline Alves Galdino, explicou que a plataforma Tele Imunizações foi adotada pelos operadores desde o dia 10 de maio deste ano. Em três meses, até o dia 10 de agosto, os profissionais realizaram 9.566 atendimentos com sucesso no encaminhamento dos pais às salas de vacina.

“Os motivos mais constantes da falta de atualização vacinal, citados pelos responsáveis, são que a criança está com sintomas gripais, ou que eles não lembraram de levar ao posto ou não conseguiram dispensa do trabalho. Nós buscamos entender as dificuldades que a família enfrenta para orientá-los da melhor forma possível, indicando as unidades mais próximas, de horário ampliado, além de tirar dúvidas sobre as vacinas”, afirmou Jackeline.

Vacinas

As equipes, formadas por médicos e enfermeiros, trabalham para identificar crianças com atraso nas doses da pentavalente (contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo haemophilus influenzae, tipo B) e contra a poliomielite, ambas monitoradas pelo Ministério da Saúde a partir do Previne Brasil, e também com atraso na tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola).

Jackeline explicou que, durante o contato telefônico ou pelo WhatsApp, os profissionais também aproveitam para verificar se outro imunizante está em falta na caderneta da criança. Ela reforça que os operadores confirmam apenas nome e data de nascimento dos usuários, ou seja, a população não deve repassar dados pessoais e bancários para se proteger contra fraudes.

Intensificação

Desde a última segunda-feira (8), a Semsa está intensificando as ações de imunização infantil por meio da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação, que segue até o dia 9 de setembro. Durante o mês de agosto, a secretaria também realiza os “Sabadões da Saúde”, ampliando o número de unidades ofertando diversos serviços aos sábados.

Para reforçar a ação, as equipes do Telessaúde também irão atuar nos sábados, estimulando a população a buscar os serviços de saúde disponibilizados pela Semsa. Mais informações sobre endereços, horários e serviços disponíveis podem ser consultadas no site da Semsa e nas redes sociais da secretaria (@semsamanaus no Instagram e Semsa Manaus no Facebook).

Anúncio