ONU elege 2021 como o ano das frutas e legumes, alimentos importantes para a saúde

O objetivo é chamar atenção para a importância do consumo desses alimentos, para uma alimentação saudável e equilibrada

Manaus – A Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu 2021 como o ano internacional das frutas e legumes. O objetivo é chamar atenção para a importância do consumo desses alimentos, para uma alimentação saudável e equilibrada. A ONU sempre destaca um tema relacionado à alimentação para ser reforçado nas campanhas, em todo o mundo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a maior parte da população mundial mantém a ingestão de frutas e legumes abaixo do ideal, que é de 400 gramas por dia. O Instituto Brasileiro de Frutas (Abraf) aponta que o brasileiro consome menos da metade de frutas, legumes e verduras, do que um europeu. A ingestão desses alimentos no País é de 57 quilos por ano, enquanto na Espanha, por exemplo, é de 120 quilos. Na Itália esse número chega a 114 quilos e na Alemanha 112.

De acordo com a OMS, a ingestão ideal de frutas e legumes é de 400 gramas por dia (Foto: Divulgação / Assessoria)

Segundo a nutricionista Lívia Ribeiro, o consumo de frutas e legumes traz inúmeros benefícios para a saúde, contribuindo para o bom funcionamento do corpo, auxiliando no bem-estar físico e mental. De acordo com ela, comer diariamente esses alimentos contribui para a redução de doenças cardíacas, derrame, câncer, diabetes e hipertensão.

A nutricionista ressaltou que ingerir a quantidade recomendada pela OMS, de 400 gramas por dia, parece um desafio, mas não é. “Se uma pessoa consumir em um dia uma porção de salada e três frutas ela já consegue chegar na quantidade ideal. É uma questão de mudança de hábito. Trocar o pudim por uma salada de frutas na sobremesa, por exemplo”, disse.

Lívia destacou que é importante diversificar a escolha das frutas e legumes nas refeições. “Cada alimento possui nutrientes diferentes e que auxiliam em algo no organismo. Não adianta comer apenas banana ou somente maçã. O Brasil possui uma grande diversidade de frutas e legumes à disposição, basta escolher e incluir nas refeições”, frisou.

Uma dica é escolher frutas, legumes e verduras da estação. Estão na safra, no momento, abacate, ameixa, maçã, pêra, banana, abacaxi, goiaba, rambutã, uva, seriguela, jaca, coco, abóbora, pepino, gengibre, pimentão, quiabo, tomate, hortelã e repolho.

Algo que pode ajudar quem não tem o hábito de comer com frequência frutas e legumes é diversificar a forma de preparo, que pode ser cozido, in natura, grelhado, em suco ou vitamina. “O importante é não deixar de ingerir esses alimentos e diariamente”, afirmou a nutricionista.

Anúncio