Pacientes que precisam de tratamento contínuo devem prosseguir com as consultas

Quem faz tratamento de doenças crônicas ou que necessita de atendimento urgente para outros tipos de enfermidades, não deve deixar de ir às consultas, sob o risco de ter a saúde agravada

Manaus – A pandemia de coronavírus impôs à população a necessidade do isolamento social, como forma de prevenção à doença. Porém, quem faz tratamento de doenças crônicas ou que necessita de atendimento urgente para outros tipos de enfermidades, não deve deixar de ir às consultas, sob o risco de ter a saúde agravada.

A clínica geral e nutróloga Helen Brandão ressalta que é preciso manter a atenção com doenças como diabetes, hipertensão, problemas cardíacos, entre outras. “Quem não faz o acompanhamento de forma regular pode ter a situação da saúde agravada. Quem tem doença crônica precisa ir ao médico regularmente”, afirmou.

Outro ponto importante é não deixar de tomar as medicações corretamente. “Algumas receitas têm validade. Por isso, é necessário passar pela consulta para avaliação”, frisou a médica.

Médica ressalta que é preciso manter a atenção com doenças crônicas (Foto: Divulgação)

De acordo com Helen Brandão, as clínicas e consultórios têm montado um esquema de atendimento que segue todas as regras sanitárias recomendadas, para que os pacientes tenham total segurança. Conforme ela, nessas clínicas, o atendimento ocorre com hora marcada e os espaços passam por sanitização regularmente. O uso de máscara é obrigatório e os pacientes têm à disposição álcool em gel para higienização das mãos.

A médica oftalmologista Cláudia Chaves reforça que mesmo quem não tem doença crônica, mas que necessita de atendimento de urgência – casos, por exemplo, de conjuntivite, aumento da pressão do olho ou corpo estranho na visão –, deve procurar atendimento para evitar o agravamento. “A pressão alta do olho, por exemplo, pode causar problemas graves como o glaucoma”, destacou.

Conforme ela, quem faz uso de óculos e lentes de contato também não deve deixar de ir ao oftalmologista para check-up. “Dor de cabeça constante pode ser um sinal de que é hora de mudar os óculos. É importante não se descuidar da saúde”, frisou.

Anúncio