População deve tomar nova dose da vacina bivalente contra Covid; CONFIRA

Duas novas variantes do coronavítus foram identificadas no país

Manaus – A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), orienta a vacinação contra Covid-19 com uma nova dose da vacina bivalente para pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidos acima de 12 anos de idade, que tenham recebido a última dose da vacina há mais de seis meses.

(Foto: Lucas Macedo/FVS-RCP)

A orientação segue o Ministério da Saúde alinhado a evidências científicas, com recomendações da Organização Mundial da Saúde mais atualizadas para o enfrentamento da Covid-19. O ministério divulgou a identificação de duas novas sub linhagens do vírus da Covid-19, a JN.1 e a JG.3, no país.

As duas sub variantes não foram registradas no Amazonas e a FVS-RCP segue monitorando o cenário da doença no estado. A diretora-presidente da fundação, Tatyana Amorim, alerta que a imunização é a principal medida de proteção contra o agravamento da doença.

“Idosos e imunocomprometidos integram população mais vulnerável ao agravamento da doença. Reforçamos a necessidade da adesão da população diante da nova configuração do esquema vacinal para prevenir sintomas graves e mortes”, alerta a diretora Tatyana.

A cobertura vacinal da população contemplada para a imunização contra a Covid-19 (6 meses de idade ou mais) no Amazonas é de 72,8% no esquema vacinal primário (duas doses básicas). No Amazonas, foram registradas 501 mil doses de vacina bivalentes aplicadas. A divulgação do cenário epidemiológico com a cobertura vacinal é realizada semanalmente e está disponível no site da FVS-RCP.

A gerente de imunização do Amazonas, Angela Desirée, acrescenta que o imunizante está disponível nos postos de vacinação do estado. “Os municípios do estado estão abastecidos com a vacina contra a Covid-19. Então, mantemos o alerta da necessidade de atualização do esquema vacinal para prevenir casos graves e óbitos”, disse.

A FVS-RCP emitiu, ainda, nesta segunda-feira, uma Nota Informativa, para alertar sobre a importância da atualização do esquema vacinal contra a Covid-19 com a vacina bivalente. O documento está disponível aqui.

Novas sub linhagens identificadas

O Ministério da Saúde divulgou a identificação de duas novas sub linhagens do vírus da Covid-19, a JN.1 e a JG.3, no país. De acordo com o ministério, a sub variante JN.1, inicialmente detectada no Ceará, vem ganhando proporção global e já corresponde a 3,2% dos registros em todo o mundo. Já a sublinhagem JG.3, também identificada no Ceará, está sendo monitorada em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Goiás.

Anúncio