Projeto leva idosos acamados para ‘banho de sol’ em instituição de Manaus

Os idosos acabam ficando por mais tempo em um ambiente fechado e, ausência da Vitamina D está relacionada a várias doenças

Manaus – Com objetivo de proporcionar ‘banho de sol’ aos idosos institucionalizados de alta dependência “acamados”, foi realizado nesta terça-feira (22), o Projeto ‘Mais Vida’, na área externa da Fundação Dr. Thomas (FDT), localizada na rua Doutor Thomas, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da capital.

(Foto: Clóvis Miranda / Semcom)

 

A diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho, explica a necessidade desse trabalho personalizado para os idosos da ILPI.

“Estamos trabalhando diariamente com a equipe multidisciplinar, para que os idosos façam o banho de sol com frequência. Os idosos de alta dependência “acamados” acabam ficando por mais tempo em um ambiente fechado e, sabemos que a ausência da Vitamina D está relacionada a várias doenças e, o nosso trabalho está sempre pautado em pesquisas e estudos na área, a equipe técnica, se aprofunda, para sempre oferecer o melhor acompanhamento para o bem-estar da pessoa idosa atendida na FDT”, explica Martha.

Ao todo, seis idosos acamados participaram do banho de sol, com apoio da equipe multidisciplinar, para garantir a segurança na transferência do idoso para área externa, como explica a coordenadora do Núcleo de Saúde da ILPI, Marina Luniére.

blank

(Foto: Clóvis Miranda / Semcom)

“Foi realizada várias reuniões com a equipe de maqueiros e cuidadores para redobrar os cuidados na transferência dos idosos do pavilhão para área externa. Para garantir mais conforto ao idoso, eles utilizam a cama hospitalar, que permite diferentes ajustes, assim como a adaptação do equipamento conforme as atividades de rotina. A melhor acomodação favorece também o trabalho do cuidador, além de deixar o paciente mais tranquilo e seguro enquanto estiver de repouso”, explica Marina.

A gerente de Enfermagem da FDT, Marineuda Braga, explica que os procedimentos que a equipe de enfermagem realiza diariamente, possibilita que esse idoso de alta dependência esteja apto para o banho de sol.

“Três vezes ao dia, a equipe da enfermagem faz aferição dos sinais vitais, caso o idoso apresente qualquer instabilidade, ele fica em observação, até o quadro normalizar, não apresentando, ele realiza as atividades propostas pela equipe multidisciplinar de forma segura e, principalmente com objetivo de oferecer mais qualidade de vida ao idoso que se encontra acamado”, conta Marineuda.

Saúde da pessoa idosa na ILPI

Segundo a responsável técnica da equipe de saúde da FDT, a médica Raquel Belém, o banho de sol tanto para os idosos de alta, média ou independente é importante porque é a grande fonte para a produção de Vitamina D.

“Ainda que encontrada em alguns alimentos, a vitamina D é produzida de forma mais adequada por meio da exposição solar. Então, é indicado que as pessoas idosas fiquem de 15 a 20 minutos com pernas, braços e, se possível, barriga e tronco expostos ao sol”, afirma.

A médica Raquel Belém também reforça que todos os idosos sejam acamados ou não precisam do banho de sol e uma alimentação aliada na manutenção dos níveis de vitamina D. “As principais fontes são: peixes como sardinha, carne, leite, ovos, manteiga, castanhas, feijão e verduras como a couve.

Anúncio