Saiba como vitaminas e probióticos podem fortalecer a imunidade do corpo

Os termos são até bem conhecidos, mas você sabe exatamente o que são e quais suas funções no organismo humano?

Manaus – Com a pandemia de Covid-19, as pessoas passaram a dar mais importância à manutenção dos sistemas de proteção à saúde e como ajudar a aumentar a imunidade do corpo, visando o combate às mais diversas doenças. É nesse contexto que entram as vitaminas e probióticos, que podem ser adquiridos tanto via alimentação como de forma suplementar.

(Foto: Divulgação)

Os termos são até bem conhecidos, mas você sabe exatamente o que são e quais suas funções no organismo humano? As vitaminas são definidas como compostos orgânicos e nutrientes essenciais que o corpo precisa para poder funcionar bem. Por sua vez, os probióticos são micro-organismos vivos que, ao serem ingeridos, conferem benefícios à saúde.

“Na falta dessas substâncias, principalmente das vitaminas, nosso organismo pode não conseguir realizar atividades essenciais efetivamente, gerando problemas de saúde”, explica a nutricionista Deuzy Santos.

O problema da falta de vitaminas é evidente na população brasileira. Mesmo a vitamina D, que pode ser absorvida nos raios solares, está em falta na maioria dos brasileiros. O dado é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Como atuam na imunidade

Os principais minerais e vitaminas que atuam na defesa do corpo são o zinco e as vitaminas A, C e D. Todos podem ser encontrados na natureza, em alimentos ou na exposição aos raios solares (no caso da vitamina D). Desses compostos, o mais atuante na imunidade é o zinco. Esse mineral garante que as defesas do corpo se mantenham ativas, ajuda na síntese e degradação dos carboidratos, lipídios e proteínas, na defesa contra agentes antioxidantes.

blank

(Foto: Divulgação)

“No caso das vitaminas, atuam em diferentes sistemas e auxiliam nas respostas imunológicas do organismo. Dessa forma, melhoram a pele, auxiliam no funcionamento do metabolismo e ajudam nos processos de cura e rejuvenescimento”, explica a nutricionista.

Por sua vez, os probióticos são uma das novas tecnologias no mercado farmacêutico para o fortalecimento da imunidade. Esses microrganismos são associados a uma série de benefícios, como o combate adequado a transmissores de doenças intestinais, ao fortalecimento da barreira epitelial do intestino e ao estímulo de produção de imunoglobulina A (IgA), anticorpo presente no sangue.

Onde encontrar

As vitaminas e minerais podem ser encontrados, principalmente, em alimentos. As formas naturais incluem opções para todos os gostos. A lista abaixo exemplifica:

  • Vitamina A: fígado, gema de ovo e óleos de peixes;
  • Vitamina C: brócolis, couve, pimentão amarelo, caju, goiaba, mamão, manga, acerola, laranja, limão e outros;
  • Vitamina D: além da exposição ao sol, em óleo de fígado, bife de fígado, gema de ovo, atum, sardinha, salmão selvagem, queijos e cogumelos.
  • Zinco: amendoim, camarão, carne vermelha, castanhas, chocolate amargo, feijão e outros.
  • Probióticos: iogurte, kefir, kombucha, chucrute, kimchi e outros.

Suplementos

A lista para encontrar os nutrientes em alimentos é grande, o que pode dificultar o consumo diário ou até mesmo semanal. Além disso, com a alta no valor dos alimentos, pode ser ainda mais difícil seguir uma rotina rica nestes compostos. Por isso, uma alternativa pode ser o consumo de suplementos vitamínicos e probióticos.

“As vitaminas são nutrientes essenciais que podem ser adquiridos em uma alimentação saudável, mas com a pressa da rotina e o excesso de comidas ultraprocessadas, muitas pessoas veem na suplementação alimentar uma solução para complementar a necessidade desses nutrientes”, explica o farmacêutico Eduardo Donini.

Na prática, os suplementos ajudam em uma série de cuidados com o corpo, como efeito anti-inflamatório, auxílio na regeneração das unhas, cabelos, pele, músculos e no sistema imunológico.

“Temos várias opções no mercado para todas as idades e gêneros. Uma delas é a linha Animativ. Esse polivitamínico concentra os principais compostos que fortalecem a imunidade, como vitaminas A, C, D, além de zinco, ferro, manganês e vitaminas B1, B2, B3, B5, B6, B12”, afirma a nutricionista Deuzy Santos.

Anúncio