Tacacá não engorda, diz pesquisa científica paraense

A iguaria amazônica é um alimento nutritivo, saudável e completo, com proteína, carboidrato, vitaminas, minerais e fibras

Manaus – Os amantes do tacacá podem tomá-lo sem se preocupar com o excesso de calorias. Isso porque, na verdade, o excesso não existe. Segundo uma pesquisa feita por alunos do curso de Nutrição da UFPA, Universidade Federal do Pará, o alto valor calórico deste prato típico  – e muito apreciado – da culinária amazônica é um mito.

Os alunos Joel Marcel Furtado e Lidiane Pimenta comprovaram em seu Trabalho de Conclusão de Curso que o tacacá comercializado em Belém tem em média apenas 123,09 Kcal; enquanto o consumo calórico recomendado para pessoas adultas no jantar é de 1.200 Kcal. Dessa forma, o tacacá possui um baixo teor calórico para o seu volume, que é em média de 544 ml.

A iguaria paraense é um sucesso em Manaus (Foto: Divulgação)

A pesquisa, com o título “Capacidade Média da Cuia e Valor Nutritivo do Tacacá Comercializado em Belém-Pará”, foi orientada pelo professor Francisco Nascimento, do departamento de Nutrição da UFPA. Para a determinação do valor nutritivo, os alunos coletaram 51 amostras de tacacá de 17 vendedores, três de cada um, em diferentes bairros de Belém.

Composição calórica

Dos componentes do tacacá, o mais calórico é a goma com, 39,75 Kcal em média; seguida de perto pelo camarão com 39,37 Kcal. O menos calórico é o jambu, com apenas 14,83 Kcal – além de ser rico em ferro e fibras -, enquanto o tucupi fica com 29,14 Kcal.

O peso médio do tacacá encontrado na pesquisa foi de 569,5g; desta massa, 17,1g são de carboidratos, 10,19g são de proteínas e 1,9g de lipídeos. A capacidade média das cuias ficou em 1025,63 mL, embora o volume de conteúdo ocupe apenas pouco mais da metade dessa capacidade.

É um alimento nutritivo, saudável e completo. Este tem proteína, carboidrato, vitaminas, minerais e fibras, ou seja, tudo que uma refeição completa precisa ter. A proteína vem do camarão, que contém pouco lipídio; o carboidrato está no tucupi e na goma, pois são oriundas da farinha de mandioca; e as fibras, vitaminas e minerais, são por conta das folhas de jambu.

Anúncio