Vacina da Moderna contra variante sul-africana do coronavírus está pronta

Empresa anunciou há 1 mês trabalho em versão do imunizante capaz de neutralizar com mais eficácia nova cepa do vírus

Estados Unidos – A empresa de biotecnologia norte-americana Moderna anunciou na quarta-feira (24) que está pronta para testar uma nova versão da vacina de RNA mensageiro contra Covid-19 desenvolvida por ela adaptada à variante do coronavírus identificada na África do Sul (B.1.351).

A notícia chega um mês após a Moderna informar que trabalhava em uma segunda geração da vacina que fosse capaz de proteger contra a variante B.1.351, que reduziu em seis vezes os títulos de anticorpos neutralizantes conferidos pelo produto.

Em comunicado, a empresa afirma que enviou doses da vacina para os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos para a fase 1 de ensaios clínicos.

Vacina da Moderna está em uso nos Estados Unidos desde o fim de dezembro (Foto: Divulgação)

“Embora os dados iniciais confirmem que a vacina contra covid-19 da Moderna (mRNA-1273) fornece atividade neutralizante contra variantes preocupantes, por precaução, a Moderna está buscando duas estratégias contra essas variantes”, diz a nota.

Além da nova vacina, a companhia estuda uma terceira dose de reforço (atualmente, são duas doses).

Anúncio