Com chegada do 5G, celulares 4G deixarão de funcionar? Entenda tudo sobre o tema

Nova tecnologia que aumenta a velocidade de transferência de dados deve chegar a todas a capitais brasileiras até julho de 2022

São Paulo – Muito tem se falado nos últimos meses sobre o 5G, especialmente quando o assunto é o leilão realizado recentemente pelo governo federal. Enquanto as empresas se preparam para adotar a nova tecnologia, usuários de aparelhos 4G se perguntam sobre as mudanças que irão enfrentar, e até mesmo se terão que trocar de celular.

A nova fase da internet deve trazer na esteira novos serviços, aplicações e modelos de negócio. Para entender mais e se preparar para sua chegada, veja as principais perguntas e respostas sobre o assunto.

celular 5g

Nova tecnologia que aumenta a velocidade de transferência de dados deve chegar a todas a capitais brasileiras até julho de 2022. (Foto: Divulgação/Sergio Perez)

O que é 5G?

É a quinta geração e a evolução dos sistemas de telecomunicações. Até então, os aparelhos adotam a tecnologia 4G, que possibilitou a adoção de teclados virtuais, câmaras, chamadas de vídeo e aplicativos. Essa evolução vem ocorrendo desde a década de 1980, quando o 1G foi lançado.

Existem diferenças entre 4G e 5G?

Sim, e a principal delas é a velocidade de transferência de dados. O 4G tem velocidade de até 1Gbps, enquanto a quinta geração pode atingir até 20 vezes mais que isso. Embora sejam bastante parecidos, o 5G permitirá baixar um filme em segundos, assistir a videoconferências com mais qualidade de imagem e som, e muito mais.

Além disso, a novidade abre espaço para novas conexões. Será possível, por exemplo, ampliar o número de veículos autônomos e cirurgias remotas.

Aparelhos 4G vão deixar de funcionar?

As duas tecnologias continuarão coexistindo por muito tempo, ou seja, uma não exclui a outra. Uma das cláusulas do leilão que definiu as operadoras responsáveis pelas faixas de frequência do 5G, inclusive, prevê a obrigatoriedade de instalação de redes de telefonia 4G ao longo de rodovias federais.

Será necessário trocar de celular?

Quem quiser usar a novidade terá que trocar de aparelho, mas caso prefira continuar com a antiga poderá manter seu celular antigo sem problemas. Também vale lembrar que as empresas levarão algum tempo para instalar a rede, então não é preciso correr.

Quando a tecnologia será implementada?

O Ministério das Comunicações afirma que todas as 27 capitais do país serão cobertas pelo 5G até julho de 2022. Já as cidades com mais de 100 mil habitantes terão acesso à tecnologia até 2028. O período estimado para adoção do 5G em 100% dos municípios do país é de 20 anos.

Anúncio