Google Meet recebe recursos como brilho automático e planos de fundo animados

Novidades nas videochamadas do Google chegam em maio para todos os usuários

EUA – O Google anunciou nesta quinta-feira (29), novos recursos que chegarão ao Google Meet, a ferramenta de videochamada da plataforma e que tem sido cada vez mais utilizada com a adoção do trabalho em casa pelo mundo. As novidades serão disponibilizadas gradualmente ao longo do mês de maio.

Google Meet vídeo chamada (Foto: Pixabay)

Novidades nas videochamadas do Google chegam em maio para todos os usuários.  (Foto: Pixabay)

A principal novidade é um Modo Economia, em que um dos participantes da chamada está usando o Meet com a conexão móvel do celular (4G ou 5G, por exemplo) e o software tem a possibilidade de reduzir o consumo de dados para que seja economizado o uso do pacote de conexão — “uma novidade relevante para pessoas de países onde o custo de dados de internet pode ser alto, caso do Brasil”, afirma a empresa em nota.

Outro recurso é o brilho automático para pessoas que estão em ambientes com pouca iluminação. O software do Google irá ajustar automaticamente o brilho da imagem, caso o espaço seja muito escuro. Além disso, a nitidez será aprimorada nas chamadas feitas em computadores e notebooks quando há subexposição ou uma luz muito forte atrás do indivíduo (como uma janela, por exemplo), recurso que já estava disponível em dispositivos móveis e agora chega para desktops.

Planos de fundo animados poderão ser inseridos na chamada, caso o usuário queira omitir o fundo da câmera com um vídeo. O Google está liberando três opções no momento: uma sala de aula, uma festa e uma floresta, com a garantia de que irá distribuir outras opções em breve.

O fenômeno conhecido como ‘Fadiga de Zoom’ virou um problema sério e as plataformas já começam a reconhecer o problema. Desta vez, o Google irá permitir que o usuário da chamada omita de si mesmo a própria imagem, de forma a sentir menos cansaço ao não se ver na tela. O Meet permitirá que o quadrado da imagem seja redimensionado, reposicionado ou inteiramente ocultado.

“Ao fazer isso, o espaço liberado na sua tela pode ser usado para ver os rostos dos demais participantes da reunião”, diz a plataforma.

Os novos recursos estão disponibilizados quando a pltaforma “comemora” um ano desde que ficou gratuita para todos os usuários do Google. Até então, apenas usuários corporativos poderiam usar o Google Meet.

Anúncio